quinta-feira, 9 de abril de 2009

Perdôo-te

Tenho que me confessar...
A todo tempo penso nisso
em soluções, ou definições
Me pergunto a todo momento,
Porque?

Bem, eu te amo infinitamente
Eu sei e você sabe disso
Mais do que ninguém
Você sabe disso.
Mas mesmo assim, jogou tudo isso fora.

Em meus pensamentos mudei meu conceito
Eu te perdôo.
Sim...

Perdôo-te por me magoar
por me fazer chorar
por me deixar triste
por me iludir
por não mostrar seu amor

Sim, eu te perdôo
Sabendo que foi obrigada a isso
Eu te aceito de qualquer forma
Eu te aceito de qualquer forma
Entende?

Eu quero te amar e ser amado
Mesmo que o mundo não veja isso.
Eu quero ser seu e você ser minha
Mesmo que só nós fiquemos sabendo
Quero ficar em seus braços.
Para sempre

Não te culpo mais...
Acho que entendo suas razões
E, mesmo nesse atraso de felicidade
Eu te perdôo

John

Nenhum comentário:

Postar um comentário