sexta-feira, 20 de março de 2009

Pôr-do-sol


A tarde mais uma vez caia...
Esperava ela sem fim
Me emocionava vê-la novamente
Sempre linda...

Me deixava feliz ver aquele rosto mais uma vez
Ouvir aquela voz que tanto me agradava
Sentir aquela pele que era tão suave
Ah, estava no céu com ela...

Viajamos em nosso pensamento
Nos imaginamos no meio do nada
O mundo para nós...
Ficamos vendo um simples pôr-do-sol.

Tudo era nosso
Mas um ato simples foi o que valeu
Quando um beijo ela me deu
"Eu te amo", assim ela respondeu

Mais uma vez ficava feliz ao lado dela
Cada dia mais a certeza do amor
Amor que parece sem fim
Amor que vai além de mim...

John

3 comentários:

  1. os pors-de-sol são inesqueciveis L³

    Le (:

    ResponderExcluir
  2. Essa poesia foi a ki eu mais gostei alvaro essa mi fez chora msm shashhs...=]

    ResponderExcluir