quinta-feira, 8 de julho de 2010

Eu sei e você sabe

Eu descubro sempre suas mentiras
Sei e tenho certeza de suas expressões falsas
De quando você me ilude
E apenas cria uma verdade corrupta em nosso amor.

Você sabe que não deveria fazer coisa assim
Sabe muito bem que a verdade liberta
E que a mentira, na sua visão, é um pesadelo
Assim como aqueles que você sonha comigo.

Você comete pesadelos e tragédias
Meu amor, você assassina sentimentos
Você me matou e irá matar o próximo.

Que morra você e sua sabedoria fictícia
Também aqueles que vão contigo, amantes reais
Que morra o amor de todos nós.

John

Nenhum comentário:

Postar um comentário